MERCADO

Gigantes ChemChina e Sinochem fundem ativos de agronegócio e formam a nova Syngenta


As estatais chinesas ChemChina e a Sinochem estão consolidando seus ativos agrícolas em uma nova holding – Syngenta Group Co. – e trazem junto a a israelense Adama, com a participação da ChemChina na empresa. Assim, a Sygenta caminha para se consolidar com um dos maiores grupos do agronegócio global.

Em um comunicado divulgado pela empresa, a Adama afirma que está “se tornando um membro distinto deste líder da indústria recém-formado por meio da contribuição da participação que a ChemChina possui atualmente na ADAMA no Grupo. Dessa forma, não há mudança no último acionista controlador da Companhia”.

Chen Lichtenstein, CEO da Adama e nomeado a vice-presidente financeiro do novo grupo, afirmou no comunicado que a “Adama nunca esteve tão forte”.

O grupo terá sede em Basileia, na Suíça, informou o grupo suíço que a ChemChina comprou em 2017 por 43 bilhões de dólares.

Fonte: Notícias Agrícolas, 06/01/2020

Fonte da imagem: Negócio foto criado por pressfoto – br.freepik.com

Tags

Notícias Relacionadas

Confira Também

Close
Close