MERCADO

UPL cresce 17% e torna-se a 4ª maior agroquímica do mercado nacional


A UPL Brasil encerrou seu ano fiscal (abril 2019 a março de 2020) com crescimento de 17%. O faturamento da empresa atingiu US$ 1,3 bilhão. Segundo o presidente Fabio Torretta, este resultado decorre do perfeito processo de integração após a aquisição da Arysta LifeScience e o foco em saúde vegetal. “Segurança dos alimentos, menos impacto ambiental e produção sustentável. Esses três pilares norteiam o trabalho da UPL no Brasil. Some-se a eles o propósio OpenAg, de inovação aberta, que pressupõe a soma de forças de todos os players da cadeia produtiva”, ressalta Torretta.

O desempenho da UPL ganha destaque em um ano em que o mercado de defensivos agrícolas efetivamente (produtos aplicados) cresceu 5,8%, segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Defesa Vegetal (Sindiveg). “Outro importante fator é que este foi o primeiro ano de integração das duas empresas. Aproveitamos muitas sinergias, ampliamos nosso portfólio com soluções inovadores, trabalhamos com assertividade e fortalecemos nosso trabalho a campo. Tudo isso, em conjunto, possibilitou o excelente desempenho”, diz o presidente da UPL Brasil.

Outro ponto a considerar é que esse resultado acelera a participação da UPL no mercado brasileiro de defensivos agrícolas, além de adiantar em um ano a meta de atingir faturamento de US$ 1,5 bilhão. “Devemos chegar a esse patamar já em 2021”, projeta Fabio Torretta. Com o resultado, a UPL também subiu uma posição no ranking das maiores do setor, alcançando a 4ª posição.

Fonte: Grupo Cultivar, 16/04/2020

Fonte da imagem: Imagem de Free-Photos por Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja