FORMULADOS

Maior preço do Glifosato em 2021 preocupa produtores


Descoberto em 1950 pelo químico suíço Henri Martin, o Glifosato é o defensivo agrícola mais utilizado no mundo. Seu uso está relacionado ao controle de ervas daninhas.

O Glifosato só tomou o posto de defensivo mais utilizado no mundo após a criação da Soja e Milho transgênico, que são resistentes ao seu mecanismo de ação. A expiração da patente da Monsanto, empresa detentora dos direitos da molécula, nos anos 2000, contribuiu para o aumento da sua produção e consumo.

Com a utilização do Glifosato em larga em escala em diversas culturas, como a de Cana-de-Açúcar, Milho, Soja e Citros, sua aplicação no campo ocorre o ano todo, com maior demanda nos meses de abril, outubro e novembro. Por se tratar de um defensivo essencial e com grande representatividade nos custos para produtores e usinas, seu preço no mercado nacional é um ponto de relevante atenção.

O aumento do preço das matérias-primas e os problemas logísticos enfrentados pela China fizeram com que o preço do Glifosato no mercado internacional aumentasse expressivamente no ano de 2021. No Brasil, este aumento chegou a 49% no preço nacional, quando comparado o preço médio em 2021 em relação a 2020. Além disso, os problemas logísticos chineses estão resultando em atrasos das entregas do herbicida, o que suportou a elevação do preço nos últimos meses.

Como o Glifosato não possui um substituto direto 100% efetivo em todas as situações, atualmente, os agricultores estão aplicando substitutos indiretos parciais nas culturas por conta da baixa disponibilidade do defensivo no mercado nacional. Desses substitutos, os mais utilizados são o Glufosinato de Amônio e o Dibrometo de Diquate.

Apesar disso, é preciso ter em mente alguns pontos em relação a estes produtos. Um exemplo é em relação ao Glufosinato de amônio que é produzido a partir da mesma cadeia do glifosato, o qual o custo de produção está elevado. Sendo assim, este substituto apresentou aumento de preço nos últimos meses, intensificado também pela maior demanda.

Fonte: Equipe Global Crop Protection, 26/08/2021

Fonte da Imagem:  Imagem de Erich Westendarp por Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Confira Também

Close
Close