MERCADO

África do Sul desempenha papel crítico no setor de proteção de cultivos


Empresas multinacionais como Bayer, Syngenta, Corteva, BASF e FMC fornecem produtos para um canal de distribuição bem organizado. Um grande número de produtos de proteção de cultivos vendidos na África do Sul são formulados localmente usando ingredientes importados da China, Estados Unidos, França e Alemanha. As empresas que importam, fabricam e distribuem agroquímicos são membros da CropLife South Africa, que representa a indústria de proteção de cultivos na região.

O mercado sul-africano de proteção de cultivos é o maior da África e atende aos agricultores nos mercados de cultivos em linha, horticultura, frutas cítricas, nozes e videiras nos mercados de folha caduca, subtropical e florestal. Milho, soja, girassol e algodão são as culturas mais importantes produzidas na área de chuvas de verão, com trigo e canola produzidos na área de chuvas de inverno.

As empresas de proteção de cultivos também estão investindo em produtos biológicos. O segmento cresceu significativamente em comparação com as soluções químicas convencionais, principalmente no setor de culturas de exportação, onde as rígidas regulamentações da União Européia sobre resíduos químicos e substâncias controladas estão forçando os produtores a buscar alternativas.

 

Fonte: Horti Daily, 17/06/2022

Fonte da Imagem: Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja