MERCADO

Brasil ganha peso nos negócios da UPL com entrada de novo presidente


A UPL, líder em tecnologias agrícolas sustentáveis, anuncia Mike Frank para os cargos de Presidente e Chief Operating Officer (COO) global da UPL Crop Protection. Seu primeiro compromisso oficial é a vinda ao Brasil para conhecer de perto o mais importante mercado da UPL. Em sua presença no país, visita a Tecnoshow Comigo, em Goiás, e o Centro de Pesquisas da empresa, em Pereiras (SP), que recebeu investimentos de US$ 500 mil para se tornar uma das nove unidades da UPL no mundo para P&D.

“O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos, tem área, clima e água para contribuir ainda mais para o aumento da oferta global. A UPL intensifica investimentos no país, reforçando sua base de inovação, em linha com sua estratégia OpenAg. O centro de desenvolvimento de Pereiras torna-se referência em nematoides e contribuirá não apenas para a validação de tecnologias para o mercado brasileiro, mas também para fornecimento global”, explica Mike Frank, CEO global da UPL, que veio ao Brasil para a inauguração do centro de pesquisas.

A unidade ocupa área de 70 hectares, tem 30 profissionais dedicados e foi totalmente remodelada, passando a contar com modernos e completos laboratórios de entomologia, fitopatologia, herbicidas, nematologia, tratamento de sementes, tecnologia de aplicação e manipulação de produtos. São cinco laboratórios a mais do que na estrutura anterior, que já contava com áreas para estudo de insetos (entomologia) e manipulação, além de realizar pesquisas experimentais.

“O centro simula uma propriedade comercial e as condições tradicionais de cultivo. Esse ambiente permite testar com eficiência a performance de nossas soluções globais, que são desenvolvidas no OpenAg Center, nos Estados Unidos. O aprimoramento desse processo é a garantia de que os produtos oferecidos aos agricultores têm excelentes resultados no campo”, destaca Rogério Castro, CEO da UPL Brasil.

O COO da UPL, o brasileiro Carlos Pellicer, mantém atuação na estratégia de crescimento global do grupo, liderando ações que incluem negócios pós-colheita, projetos digitais e de redução da presença de carbono na atmosfera, como o The Gigaton Carbon Goal. Essas iniciativas estão perfeitamente alinhadas ao conceito OpenAg, que objetiva tornar a UPL uma empresa aberta à agricultura colaborativa, além de ágil, integrada, inovadora e que busca soluções e tecnologias para promover o crescimento sustentável para todos.

 

Fonte: AgroLink, 06/04/2022

Fonte da Imagem: Andrea Piacquadio no Pexels

 

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja