NOVAS TECNOLOGIAS

Estados Unidos inicia testes com vespas-parasitas


O laboratório entomológico da Universidade da Geórgia (EUA) recebeu permissão para cultivar e usar a vespa parasita Ganaspis brasiliensis. Assim, os cientistas esperam começar a luta contra a drosófila manchada (Drosophila suzukii), uma praga bem conhecida cuja atividade destrutiva leva à perda de colheitas todos os anos.

Os insetos colocam seus ovos em frutas como amoras, mirtilos, cerejas, framboesas e morangos. Como a larva está dentro do fruto, o uso de inseticidas tradicionais é ineficaz.  Por esta razão, a utilização do inimigo natural é uma solução muito justificada e eficaz para o problema.

Os pesquisadores da Universidade da Geórgia tiveram que esperar quase 10 anos antes de conseguirem permissão do USDA para usar vespas-predadoras como produto fitofarmacêutico. Os primeiros ensaios começaram em três municípios da Geórgia, localizados na mesma latitude do habitat natural do Ganaspis brasiliensis. Os cientistas esperam que a vespa crie raízes na nova região e ajude a reduzir significativamente a população de uma praga perigosa.

 

Fonte: FertilizerDaily, 28/07/2022

Fonte da Imagem: Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja