NOVAS TECNOLOGIAS

Vírus de lavouras brasileiras pode combater lagartas resistentes


Novos biopesticidas inovadores formulados com espécies de vírus encontrados em lavouras brasileiras serão lançados em breve, afirmou a empresa australiana-americana AgBiTech em entrevista. Alguns desses agentes mostraram ″enorme potencial″ em laboratório e elevaram o espectro de controle de lagartas em soja, milho, algodão e culturas menores, entre outras.

De acordo com Janayne Rezende, agrônoma e doutora em entomologia da AgBiTech, destacou que a empresa coletou mais de uma espécie de vírus de ″origem brasileira″, há cerca de dois anos. Segundo a pesquisadora, uma vez validados os primeiros resultados, é provável que a maior fábrica de baculovírus do mundo, que pertence à AgBiTech e está localizada em Dallas (Texas, EUA), comece a produzir bioinsumos contendo ″vírus brasileiros″ como ativos ingredientes.

De acordo com o diretor de marketing da empresa, Pedro Marcellino, a expectativa é lançar pelo menos um bioinseticida com vírus originário do Brasil para a safra 2023-2024. Ele acrescenta que a divisão local da empresa também realiza estudos de ponta para produzir novos atrativos alimentares: insumos destinados a reduzir a população de mariposas por meio da estratégia de manejo conhecida como ″atrai e mata″.

Segundo ele, “os atrativos contribuem ativamente″ para o MIP ou manejo integrado de pragas. ″Esta é uma ferramenta importante no controle de mariposas que podem colocar milhares de ovos.″

 

Fonte: AgroLink, Leonardo Gottems – 07/11/2022

Fonte da Imagem: Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja