MERCADO

Bayer anuncia que deverá sofrer problemas para fornecer glifosato nos próximos meses


A multinacional de agroquímicos Bayer CropScience anunciou a clientes que deverá sofrer problemas para fornecer glifosato nos próximos três meses. Em 11 de fevereiro o chefe global de produção de ingredientes ativos da Bayer [afirmou] que, devido a uma falha mecânica na planta de fabricação de um fornecedor de uma matéria-prima importante, a produção cairá drasticamente.

De acordo com a notificação do fornecedor, espera-se que a linha de produção seja reparada por cerca de três meses. Devido a este evento de força maior, a Bayer notificou que suas entregas programadas de determinados pedidos de glifosato ou produtos contendo glifosato podem ser afetadas.

“O mercado dos EUA está atualmente entrando em um período intermitente de rotação de culturas. O Glifosato começará a ser aplicado em março. Alguns analistas estimam que a escassez de mercado chegará a algo em torno de 15 a 20 milhões de galões naquele país”, aponta Erwin Xue, gerente de marketing do Agropages.

“A soja do Brasil está prestes a ser colhida, e a alta temporada de embarques de glifosato para o mercado brasileiro começará em abril e durará até setembro. A maioria dos pedidos que precisam ser enviados em abril ainda não foram feitos este ano. O anúncio da Bayer, sem dúvida, injetou um estimulante no mercado de glifosato aparentemente enfraquecido, e o preço de mercado do glifosato começou a subir naquele dia na China”, conclui.

 

Fonte: AgroLink – Leonardo Gottems, 14/02/2022

Fonte da Imagem: Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja