MERCADO

China apresenta melhora no fornecimento de energia


O fornecimento de energia na China apresentou uma melhora, através do aumento dos estoques de carvão, uma das principais fontes do país asiático. A informação foi divulgada pela Chinese State Grid, a Companhia Nacional da Rede Elétrica da China, que é responsável pela maior parte da operação da rede elétrica nacional.

Parte da escassez nos insumos agrícolas que atinge a cadeia produtiva mundial – e especialmente o Brasil – tem origem no fechamento de fábricas de fertilizantes e agroquímicos na China. Os cortes na capacidade produtiva da indústria chinesa foram determinadas pelo governo daquele país em função da falta de matéria-prima para geração de energia, bem como a redução dos níveis de poluição.

De acordo com a empresa de energia na República Popular da China, 99,32 milhões de toneladas dos estoques de carvão foram repostos. Segundo a Chinese State Grid, o suprimento aumentou significativamente a capacidade de geração de energia pelos próximos 20 dias, diminuindo o número de unidades de reparo da empresa e unidades sob restrição.

Como as restrições do programa de “fornecimento de energia ordenado” chinês diminuiu significativamente, no mesmo dia a Administração de Energia da província de Zhejiang (ao Leste do país) emitiu um “aviso sobre a suspensão das restrições de fornecimento”. De acordo com as autoridades, foi equilibrada a relação de oferta e demanda de energia já a partir de 8 de novembro.

Antes disso, avisos semelhantes foram emitidos em Fujian e outras províncias chinesas desde o último dia 6 de novembro. A exceção foram algumas províncias onde o programa de “fornecimento de energia ordenado” do governo chinês ainda atende às necessidades de alto consumo de energia e produções altamente poluentes.

 

Fonte: AgroLink – Leonardo Gottems, 16/11/2021

Fonte da Imagem: Benita5 – Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Confira Também

Close
Close