USO E APLICAÇÃO

Estado de SP desenvolve plano sobre defensivos


A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo deve atuar forte em 2022 na fiscalização e promoção do uso seguro de defensivos. A prioridade foi anunciada pelo titular da pasta, Itamar Borges, em uma reunião em 22 de dezembro com os titulares das Câmaras Setoriais da pasta – no caso, a de Defensivos comandada desse outubro pelo presidente do Sindag, Thiago Magalhães Silva.

Magalhães conta, na coordenação da Câmara, com a ajuda do secretário executivo do Sindag, Cláudio Júnior Oliveira. “O Estado deve iniciar uma nova fase no controle de comercialização e aplicação de defensivos”, adianta o dirigente, apostando na regulamentação de todos os tipos de aplicações (como ocorre há mais de 50 anos com a aviação agrícola).

“Os fabricantes de insumos e os aplicadores são favoráveis a uma regulamentação, já que ninguém quer trabalhar à margem da lei e sem uma segurança jurídica. Além disso, o produto correto e aplicações corretas também são importantes em campo e o poder de fiscalização do Estado pode ajudar muito nisso.”

“Todas as Câmaras realizam trabalhos que tem ajudado a definir as políticas públicas aqui da Secretaria, com ações em todas as áreas e que nos dá argumento e respaldo para buscar instrução junto ao Governador João Doria e o vice-governador Rodrigo Garcia, assim como em outras Pastas”, comentou Borges.

O próximo encontro da Câmara Setorial de Defensivos está marcada para 18 de janeiro.

 

Fonte: AgroLink, 05/01/2021

Fonte da Imagem: Coernl – Pixabay

Tags

Notícias Relacionadas

Close
Optimized with PageSpeed Ninja